Notícia

FAIXA DA INFRAESTRUTURA

terça, 27 de agosto de 2019

Sobre o Projeto apresentado na última sexta-feira no Palácio Iguaçú, pelas ONGs e pelo MP, liderados pelo Observatório, Justiça e Conservação, comandado pelo Giem Guimarães (filho do Senador Oriovisto Guimaraes) e pelo Aristides Athayde (atualmente acumulando a função de comissionado no IAP), que tem como objetivo principal procrastinar o início das obras da FAIXA DE INFRAESTRUTURA. Na data de ontem recebi cópia do projeto (alternatido como é chamado), sendo leigo no assunto e seguindo o meu lema de não trazer à público opiniões infundadas, convidei alguns amigos (técnicos no assunto) para buscar informações. Após uma análise superficial, fizeram as seguintes colocações:

- O sistema viário proposto sem projeto de macrodrenagem associado, criará verdadeiros bolsões onde o escoamento das águas ficará prejudicando, agravando ainda mais a precária situação atual das inundações. É imposto um novo sistema viário de grande impacto em cima da restinga, para onde será desviado todo fluxo viário, inclusive caminhões pesados (isso é contrario as boas práticas hoje existentes no mundo. INACREDITÁVEL).

- Implantação em cima da restinga preservada com grande potencial de desencadear processos erosivos das praias, impacto sobre os ecossistemas, e impacto em todo sistema de drenagem (INACREDITÁVEL).

- A convergência das ondas na maré alta, associadas a maré meteorológicas causarão erosão das ecoparagens em curtíssimo prazo. Uma irresponsabilidade! Construção de estruturas rígidas em formato convexo em prais de restingas bem preservadas.

- Sem estudo de tráfego para as alternativas de sistema viário;
- Sem especialista em dinâmica das praias para cicloparagens;
- Sem estudos de Macrodrenagem e Microdrenagem.

- Opinião do Engenheiro Civil Guilherme Lindroth, responsável pelas obras recuperação das praias Mansa e Brava de Caiobá, comentando a matéria da Gazeta do Povo sobre o projeto apresentado pelas ONGs: 
"Com toda experiência que tenho e não é pouca, pela "foto" a obra não dura 3 anos. Invadem a praia, não há proteção, e MIRANTES? Obra apenas para o bolso de alguns.... Rodovias(!) Junto ao mar é a maior AGRESSÃO ao mar! E este NUNCA aceita ser agredido! Façam a obra e verão!"
Abaixo algumas imagens que ilustram a opinião dos técnicos.

Incompreensível a atitude do Secretário de Estado do Meio Ambiente - Marcio Nunes, ao trazer para discussão esse projeto sem consistência, criado no afogadilho para servir de alternativa à FAIXA DE INFRAESTRUTURA. 
Sinceramente Secretário, não consigo entender quais são as suas intenções. 
Governador Ratinho Junior, não dê ouvidos a quem está contra o seu projeto de desenvolvimento para o litoral. Assine logo a autorização para o início das obras da FAIXA DE INFRAESTRUTURA. 
#foraMarcioNunes 
#porumapontaldeponta

Fonte: Ercio Luiz Weschenfelder Presidente - Gestão 2019/2021